banner
Clique aqui e assine edificar

Professora da Escola de Belas Artes da UFMG vai ministrar aula inaugural do curso de Pós-DAEE Divulgação

Professora da Escola de Belas Artes da UFMG vai ministrar aula inaugural do curso de Pós-DAEE

Tema da aula dada por Brígida Campbell será “Por uma cidade lúdica e coletiva, por uma arte pública, crítica e poética”

Postado em por edificar

Notícias

No dia 21 de agosto, a professora Brígida Campbell vai ministrar a aula inaugural do curso de Pós-graduação lato sensu em Design e Arquitetura de Espaços Efêmeros (Pós-DAEE) do Instituto de Educação Superior da Paraíba (IESP). O tema da aula será “Por uma cidade lúdica e coletiva, por uma arte pública, crítica e poética”. O curso de pós do IESP terá duração de 15 meses e vai começar no dia 11 de setembro.

Segundo o professor Pedro Rossi, coordenador do Pós-DAEE, a arquitetura efêmera se propõe a trabalhar a diversidade dos espaços, a tentar entender que os espaços podem ser produzidos de modo a dar alguma temporalidade aos ambientes.

“Eles podem existir para uma determinada função, para um determinado período, não apenas para um uso constante, mas para diversos usos em diversos lugares. Quando a gente fala em efêmero, a gente fala na temporalidade das coisas”, explica Rossi.

O curso de Pós-DAEE é voltado não apenas para arquitetos ou designers, mas para todos aqueles que têm interesse em questionar as possibilidades para o uso dos espaços, tanto interiores quanto públicos.

O conteúdo programático do curso conta com módulos de vitrinismo, sustentabilidade, urbanismo tático, experimentos com luz, arte e tecnologia, cenografia, expografia, intervenções urbanas, e criatividade e imaginação, esta última uma disciplina criada exclusivamente para o curso.

A Pós-graduação em Design e Arquitetura de Espaços Efêmeros do IESP está realizando pré-inscrição até o fim de julho, no site do curso. As matrículas ocorrem de 3 a 28 de agosto. Maiores informações através do e-mail daee@iesp.edu.br.

Vagas em vitrinismo

Uma das áreas em que os estudantes estarão aptos a trabalhar após o curso de Pós-DAEE é o vitrinismo. De acordo com o professor Pedro Rossi, faltam profissionais capacitados para exercer a função de montar vitrines atraentes nas lojas. O mercado é bem amplo e a necessidade dos lojistas é constante, devido às datas comemorativas, que exigem sempre uma apresentação nova nas vitrines para convidar os consumidores a entrarem nos estabelecimentos comerciais.

vitrine

Cenografia

Outra área que se utiliza muito da arquitetura efêmera é a cenografia. Seja para teatro, televisão ou cinema, a mudança de cenário é uma necessidade constante e profissionais qualificados podem encontrar espaço nesses meios depois de aprenderem mais sobre a arquitetura efêmera no curso de pós do IESP.

cenografia

Oficina de intervenções urbanas

A professora Brígida Campbell, responsável pela aula inaugural do curso de Pós-DAEE, vai ministrar também, no dia 22 de agosto, em Campina Grande, uma oficina de intervenções urbanas. O evento está sendo realizado pelo curso de Pós-graduação do IESP em parceria com o Laboratório de Rua (LabRua). A oficina vai promover uma intervenção urbana no Centro Histórico de Campina Grande.

Brígida Campbell é professora do curso de graduação em Artes Visuais da Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais, na habilitação de Artes Gráficas. Doutoranda em Artes Visuais na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. Sócia fundadora do EXA – Espaço Experimental de Arte, em Belo Horizonte. Faz parte do Poro. É pesquisadora das relações entre Arte e Cidade e Arte e Ativismo Político.

Como artista, já participou de exposições no Brasil e no exterior. Foi curadora dos projeto “Muros – Territórios Compartilhados”, (2011, 2012 e 2013). Organizadora da SEMANÁRIA – Semana de Arte Gráficas – evento anual sobre Artes Gráficas da EBA_UFMG.

Por Herbert Clemente