banner
Clique aqui e assine edificar

Primeira-dama ressalta importância do incentivo ao artesanato durante seminário em Patos Secom-PB Foto André Lúcio

Primeira-dama ressalta importância do incentivo ao artesanato durante seminário em Patos

Para o prefeito de Patos, Bonifácio Rocha, este seminário é um espaço que promove o incentivo e valorização do artesanato

Postado em por edificar

Notícias

A primeira-dama do Estado e presidente de Honra do Programa do Artesanato da Paraíba (PAP), Ana Maria Lins Sales, participou, nesta sexta-feira (22), do terceiro Seminário Paraibano do Artesanato, realizado na cidade de Patos. A primeira-dama também esteve presente nos seminários que ocorreram em João Pessoa e Campina Grande, ambos com o objetivo de retomar as atividades de capacitação do programa, incentivando a qualificação e ampliando os conhecimentos do artesão. Também participaram do evento o prefeito de Patos, Bonifácio Rocha, o deputado estadual Nabor Wanderley, auxiliares do Governo e outras autoridades.

Durante o seminário, prestigiado por artesãos de Patos e cidades vizinhas, ocorreram palestras e debates sobre diversos temas voltados ao empreendedorismo, inovação e incremento do artesanato paraibano. No seminário também houve a entrega da carteira municipal de artesão legal para artesãos de Patos.

“O nosso artesanato é muito rico e ainda tem muito para crescer. Com esse tipo de evento os artesãos podem adquirir novos conhecimentos, se capacitarem ainda mais para desenvolverem seus negócios e aumentarem a venda de seus artesanatos”, observou Ana Lins.

A primeira-dama ainda acrescentou que por meio do artesanato é possível encontrar a arte vinda do povo e que a missão do Governo do Estado é ajudar a desenvolver ainda mais o trabalho dos artesãos paraibanos.

Para o prefeito de Patos, Bonifácio Rocha, este seminário é um espaço que promove o incentivo e valorização do artesanato. "Estamos sempre empenhados em apoiar ações que colaborem com o desenvolvimento do artesanato. Temos feito o possível para incrementar essa atividade aqui em Patos", afirmou.

Segundo a gestora do PAP, Marielza Rodriguez, os seminários realizados pelo Governo do Estado em João Pessoa, Campina Grande e Patos marcam a Semana Nacional do Artesão e representam a preocupação do PAP com a capacitação dos artesãos da Paraíba. “O mercado está em constante mudança e o artesão precisa estar atento às inovações e capacitado para atender as demandas que surgem. Esse seminário tinha que atingir o maior número de artesãos, por isso que resolvemos fazer o evento em três municípios”, explicou.

A presidente da Federação dos Artesãos da Paraíba, Miriam Rodrigues, comentou que os seminários superaram as expectativas dos organizadores e foram de grande relevância para os artesãos. "O artesanato da Paraíba é muito rico e iluminado. Parcerias são fundamentais para o desenvolvimento do nosso artesanato e para a qualificação dos artesãos. Tenho certeza que outros eventos acontecerão, estimulando o empreendedorismo do artesão", falou.

"Em nome do Sebrae quero parabenizar o Governo e todos os envolvidos nesse evento. Precisamos conhecer e acreditar mais no trabalho dos artesãos. O artesanato hoje é o sustento de muitas famílias e estamos vendo que o Governo está buscando cada vez mais valorizar essa atividade. O Sebrae está sempre à disposição para contribuir com essa atividade que gera emprego e renda na Paraíba", comentou a gerente regional do Sebrae em Patos, Anna Estefânia.

A artesã Maria das Graças Vieira faz parte da Associação das Mulheres artesãs de Patos e contou que o artesanato é fundamental em sua vida. "Comecei há dez anos com pintura e depois aprendi a fazer bonecas de pano. O artesanato entrou na minha vida como uma terapia e foi se tornando cada vez mais importante. Este evento é bem proveitoso para o aperfeiçoamento e reconhecimento do nosso trabalho", pontuou.

Edileuza Gomes é artesã da cidade de Salgadinho e participou do evento com o objetivo de se qualificar. "Eu faço chaveiros, acessórios para cabelos e outros produtos. Para mim, o artesanato é uma fonte de renda e também uma terapia. Eventos como este são muito importantes para os artesãos", afirmou.

O seminário foi uma realização do PAP em parceria com o Sebrae-PB, Federação dos artesãos da Paraíba, Centro de apoio à Criança e ao Adolescente (Cendac), NET eventos e montagens, Anno Domini Consultoria e Treinamento e da Prefeitura Municipal de Patos.

Em Campina Grande - Após o Seminário Paraibano do Artesanato em Patos, a primeira-dama Ana Lins foi a Campina Grande para tratativas a respeito do local onde ocorrerá o próximo Salão do Artesanato da Paraíba. O evento será entre os dias 12 e 30 de junho, no Museu de Artes Assis Chateaubriand, em Campina Grande.

Ana Lins se reuniu com o empresário Dalton Gadelha e agradeceu pela parceria em prol do Salão do Artesanato. Na oportunidade, o empresário e diretor da Unifacisa entregou à primeira-dama um CD contendo o detalhamento técnico de tudo que há no Museu de Artes Assis Chateaubriand. "É um local bonito e ficará de acordo com as necessidades desse grandioso evento que enaltece o nosso artesanato", disse a primeira-dama. 

Dalton Gadelha comentou que esta é uma importante parceria com a gestão estadual com o objetivo de estimular e valorizar o artesanato paraibano. “É uma satisfação poder fazer parte desta parceria possibilitando que o Salão do Artesanato aconteça no Museu de Artes Assis Chateaubriand com as melhores condições para os artesãos e o público", disse. Cerca de 120 artesãos deverão participar da 30ª edição do Salão do Artesanato na Rainha da Borborema. Esta edição vai homenagear as mestras labirinteiras do Agreste paraibano.