banner
Clique aqui e assine edificar

Paraíba tem 37% dos pequenos negócios comandados por mulheres Pixabay imagens grátis

Paraíba tem 37% dos pequenos negócios comandados por mulheres

Dentro da programação da Semana Global do Empreendedorismo, será realizado o 1º Café com Empreendedoras de João Pessoa, numa parceria entre a RME e o Sebrae Paraíba

Postado em por edificar

Notícias

Do total de pequenos negócios em atividade no estado, 37% são comandados por mulheres, de acordo com dados do Sebrae Paraíba referentes ao segundo trimestre deste ano. Para expandir e fortalecer o empreendedorismo feminino, a instituição, em parceria com a Rede Mulheres Empreendedoras (RME), vai promover o 1º Café com Empreendedoras de João Pessoa.

O evento é gratuito e será realizado no dia 13 de novembro, no auditório do Sebrae Paraíba, a partir das 9h. A Rede Mulheres Empreendedoras é a primeira e maior rede de apoio ao empreendedorismo feminino do Brasil, com aproximadamente 300 mil participantes, e chega agora ao estado. De acordo com a embaixadora da rede em João Pessoa, Alexsandra Gomes, as mulheres têm dois grandes desafios quando o tema é o mundo dos negócios.

“O primeiro desafio a ser enfrentado é em relação à qualificação das empreendedoras. Há todo um interesse no empreendedorismo como alternativa de renda para as mulheres, mas também há a necessidade de se preparar para isso e ter um modelo mental formatado para os negócios. É preciso saber transformar uma boa ideia num modelo de negócio rentável e, para isso, tem que se qualificar. O segundo desafio é o acesso ao crédito. Existem linhas de financiamento disponíveis no mercado e que fomentam o empreendedorismo, então, é necessário viabilizar o acesso dessas mulheres a essas linhas de crédito, além de aumentar as possibilidades nesse sentido, com o auxílio de investidores anjo, por exemplo”, explicou.

Para a embaixadora da RME em João Pessoa, o empreendedorismo feminino na Paraíba vem crescendo, principalmente por meio do incentivo de entidades como o Sebrae, entre outras. “A perspectiva do Café é que a gente possa reunir mulheres que tenham o mesmo interesse e estão focadas, buscando aprender para ter melhor resultado nos seus negócios e querem ser, de fato, mulheres de negócios. Então, a parceria com o Sebrae é essencial porque ele dá a mão ao empreendedor, trazendo essa visão do desenvolvimento dos empreendedores”, afirmou.

O evento também contará com a diretora da RME, Heloisa Motoki, que vai ministrar a palestra “O Empreendedorismo Feminino no Brasil: Cenário e Possibilidades” e com a jornalista e empresária Andréia Barros, que apresentará o case de sucesso com sua história empreendedora dentro do jornalismo na Paraíba. O empreendedorismo feminino é um dos eixos focados pela Semana Global deste ano. 

A Semana Global

Criada em 2007 pelo ex-primeiro ministro britânico Gordon Brown e pelo presidente da Kauffman Foundation na época, Carl Schramm, a Semana Global de Empreendedorismo (SGE) tem como objetivo fortalecer e disseminar a cultura empreendedora no mundo, promovendo diversas ações e mobilizações no mês de novembro.

Só nos últimos três anos, a SGE mobilizou no Brasil mais de 2,5 milhões de pessoas, com cerca de 10 mil atividades, o que faz da Semana brasileira a maior do mundo, com sete premiações internacionais.

 

UNIDADE DE COMUNICAÇÃO E MARKETING - SEBRAE PARAÍBA