banner
Clique aqui e assine edificar

Especialista dá dicas de segurança para quem usa elevador e escada rolante Herbert Clemente/Revista Edificar

Especialista dá dicas de segurança para quem usa elevador e escada rolante

Paulo Juarez Dal Monte defende que os usuários destes equipamentos têm um papel importante no sentido de evitar riscos à integridade física deles mesmos

Postado em por edificar

Notícias

Convidado para ministrar uma palestra em João Pessoa sobre medidas para prevenir acidentes em elevadores e escadas rolantes, o engenheiro eletricista Paulo Juarez Dal Monte, defende que os usuários destes equipamentos têm um papel importante no sentido de evitar riscos à integridade física deles mesmos. Paulo ressalta, de antemão, que a cada 10 acidentes envolvendo transportes verticais, nove são em escadas rolantes e apenas um acontece em elevadores.

“O problema da escada rolante é o usuário. As crianças brincam (na escada), o administrador do shopping não dá bola, o pai deixa a criança brincar no corrimão e, assim, muito acidentes ocorrem. A sociedade não vê que a escada rolante é um perigo”, enfatiza.

Exatamente por se tratar de um equipamento que oferece mais riscos, ele sugere dez procedimentos que devem ser adotados para manter a integridade física do usuário de escadas rolantes:

1-      Os pés devem ser posicionados dentro da área do degrau, sem deixar ponta para fora nem encostar ou raspar no rodapé. As linhas amarelas de segurança de cada degrau não devem ser pisadas;

2-      Evitar o uso de tênis e sandálias aderentes, pois, a borracha macia não escorregando pode ser presa entre o degrau e a lateral ou, principalmente, entre dois degraus quando se fecham;

3-      Não permitir que crianças se agarrem aos corrimões para serem transportadas desta forma, ao passar por locais estreitos onde o corpo da criança não cabe, é um fator gerador de acidente;

4-      Adultos e crianças devem ter os cadarços dos sapatos devidamente amarrados;

5-      Pais não devem permitir que crianças com menos de 6 anos utilizem escadas rolantes desacompanhadas ou brinquem perto da entrada do corrimão;

6-      A saída da escada deve ser feita antes do degrau ser levado para cima do pente. Pode haver dente quebrado que atinja o calçado;

7-      Mulheres devem evitar o uso de salto muito fino e de vestidos longos (o primeiro pode prender na ranhura do degrau e o segundo deixar a usuária apenas com as roupas de baixo);

8-      Evitar andar na escada com pacotes, bolsas, malas, entre outros objetos posicionados na frente do rosto. Há risco de tropeços e quedas nestes casos;

9-      Não transportar carrinhos de bebê em escadas rolantes;

10-   Nunca colocar a cabeça para fora da escada durante o trajeto.

Com menos riscos, Paulo indica apenas três dicas de segurança para os usuários de elevador: respeitar a lotação da cabina; não permitir que menores de 10 anos andem desacompanhados; e em caso de pane com cabina parando entre pavimentos, não tente sair por conta própria, aperte o botão alarme ou interfone para a portaria e espere pelo resgate, que deve ser feito por um profissional especializado.

A palestra do engenheiro está sendo promovida pela Contatos Consultoria e vai acontecer nesta sexta-feira (6), às 19h, no Hotel Xênius. Os interessados em participar do evento devem reservar uma vaga através dos telefones (83) 3021-6098, (83) 9-9943-1105 ou (83) 9-8704-1581. O conteúdo abordado é de interesse, especialmente, de síndicos, profissionais do ramo de administração, estudantes de arquitetura e das engenharias, além de proprietários das empresas conservadoras.

Por Herbert Clemente