banner
Clique aqui e assine edificar

Empresas precisam entender fluxo de caixa para evitar fechamento Texto e foto: Pauta Comunicação

Empresas precisam entender fluxo de caixa para evitar fechamento

Não importa qual o tamanho da empresa, ela precisa ser organizada

Postado em por edificar

Notícias

Mais de 24,4% das empresas que abrem no Brasil fecham antes dos dois anos de existência e esse percentual pode chegar a 50% nos estabelecimentos com menos de quatro anos, de acordo com dados do Sebrae. Mais do que a falta de clientes, a desorganização financeira é um dos principais fatores para essa quebradeira.

Não importa qual o tamanho da empresa, ela precisa ser organizada. O fluxo de caixa é um importante instrumento para a gestão financeira, pois projeta para períodos futuros todas as entradas e as saídas de recursos. Quando o empresário entende seu fluxo de caixa, fica mais fácil a tomada de decisões importantes para a empresa, como investimentos, empréstimos, contratações e até a realização de promoções, que dependem dessa avaliação da saúde financeira.

O fluxo de caixa pode ser feito manualmente ou através de planilhas. Mas, hoje, existem também plataformas financeiras que auxiliam os empresários. O YpControl, por exemplo, permite fazer os lançamentos futuros de forma prática e organizada, oferecendo dados para os empreendedores entenderem os ciclos do seu negócio. Com isso, é possível saber qual é o período mais confortável para investir, contratar ou se é necessário cortar gastos, ajudando a manter o fluxo de caixa equilibrado e saudável.

“O YpControl é uma plataforma de inteligência financeira paraibana, que auxilia micro, pequenas e médias empresas na gestão financeira de forma eficiente e, também, monitorando a saúde financeira do empreendimento, como se fosse um eletrocardiograma para o coração, oferecendo alertas caso ocorram anomalias. Dessa forma, é possível analisar se a empresa está indo bem ou não e em quais pontos ela precisa melhorar, tomando uma atitude rápida, para resolver o problema”, afirma Cláudio Piomonte, diretor da plataforma financeira.

É importante o gestor lembrar também que para um fluxo de caixa eficiente é preciso registrar as entradas e saídas nas datas corretas. Por exemplo, se ele fez uma venda em duas parcelas, no contas a receber deve colocar o valor em duas vezes, nas datas corretas de entrada, de modo a contribuírem para oferecer uma visão real da saúde financeira da empresa.

Enfim, a partir do fluxo de caixa bem gerenciado é possível analisar, planejar e identificar excesso e insuficiência de caixa, possibilitando tomadas de decisões que venham prevenir e solucionar problemas de equilíbrio no caixa e na saúde financeira do negócio