banner
Clique aqui e assine edificar

Construtoras devem ter serviço de segurança do trabalho Foto: Laércio Silva

Construtoras devem ter serviço de segurança do trabalho

Importância do tema foi discutida com palestra sobre segurança de elevadores

Postado em por edificar

Notícias

Todas as empresas de construção civil, independente do porte, devem ter serviço de segurança do trabalho. A declaração é do auditor fiscal do Ministério do Trabalho, Ulisses Freitas de Sousa, durante a abertura das atividades do Programa de Gestão Compartilhada (PGC), coordenado pela Superintendência Regional do Trabalho da Paraíba (SRT-PB), que ocorreu no último dia 8 de março, na sede da Fiep-PB.

Na ocasião, o Gerente Nacional de Segurança do Trabalho da ThyssenKrupp Elevadores, Dr. Carlos Alberto Antunes, proferiu a palestra “Principais Causas de Acidentes e Meios de Prevenção no Setor de Montagem e Manutenção de Elevadores Convencionais”.

Ulisses Freitas explicou que a montagem e manutenção de elevadores são atividades de alto risco, na qual o trabalhador se expõe ao perigo de queda de grande altura “e nós ainda não temos uma política de prevenção satisfatória”.

Ulisses Freitas (Foto: Laércio Silva)

Segundo ele, parte do problema ocorre porque o profissional tende a negligenciar a segurança. “O trabalhador em geral se habitua ao risco a que está exposto e minimiza. Ele começa a achar que os equipamentos de segurança não são importantes, que nada vai acontecer porque ele já trabalha com aquilo há muito tempo e nunca aconteceu nenhum acidente”, disse.

O auditor destacou que a Escola da Construção do Senai promove diversos cursos voltados para segurança do trabalho. “O que a gente percebe é que falta utilizar os conhecimentos adequados nas obras. Na Paraíba, há muitas empresas, de porte pequeno ou médio, que acham que não estão obrigadas a manter um serviço especializado em segurança do trabalho, mas toda empresa com empregados regidos pela CLT precisa ter. Além disso, toda empresa que tenha mais de 100 empregados em uma obra tem que ter um técnico de segurança do trabalho exclusivo para aquela obra”, detalhou.

Equipamentos de segurança para trabalho em elevadores (Foto: Naná Garcez)

No caso específico dos elevadores, pauta do dia, Ulisses afirmou que o melhor é iniciar com a montagem da casa de máquinas, montando as guias e a cabina para já utilizar a cabina como transporte.

Elba Juliana Monteiro mostra cartilha de segurança distribuída para funcionários (Foto: Naná Garcez)

A supervisora da Thyssenkrupp, Elba Juliana Monteiro Simões, afirmou que a política da empresa é sempre considerar a segurança em primeiro lugar. “Para todos os ciclos (instalação, modernização, assistência técnica preventiva e corretiva) temos um técnico de segurança local. Fornecemos equipamento de segurança para todos os colaboradores, diretos e indiretos e o colaborador precisa apresentar todos os exames antes de ser treinado. Além disso, eles participam de diálogos semanais sobre segurança com a equipe”, contou.

Por Bárbara Wanderley