banner
Clique aqui e assine edificar

A luminosidade e delicadeza na decoração com cristais Daniel Mansur/Osvaldo Castro

A luminosidade e delicadeza na decoração com cristais

Cheio de brilho e delicadeza, essa pedra ganha mais espaço nas moradas e passa a aparecer em outros elementos além de lustres e luminárias.

Postado em por edificar

Notícias

Com beleza singular e fascinante, o cristal sempre encantou e despertou a curiosidade do homem. Por causa das características e sensações visuais, esse material também sempre foi muito utilizado nas residências como símbolo de luxo e poder. Mesmo assim, seu uso era restrito aos lustres. Agora, a pureza, o brilho e a perfeição desse quartzo ganha mais destaque nas moradoras ao ser aplicado em outros produtos e adornos.

A arquiteta Estela Netto lembra que o cristal é um clássico na decoração: “Tanto em projetos comerciais quanto residenciais, as luminárias e adornos de cristal são sempre a melhor opção para se alcançar um visual mais suntuoso, clássico e atemporal”. A profissional, no entanto, faz um alerta: “O cristal carrega em si um requinte muito grande, porém, se a peça não dialogar com os outros elementos do espaço pode deixá-lo over, vulgar”.

 

Admiradora dessa pedra, a designer de interiores Iara Santos destaca como é possível utilizar o cristal de formas diferentes: “Os cristais podem ser vistos tradicionalmente em lustres, mas aparecem também em puxadores, suporte de toalhas, azulejos, papel de parede e acessórios de banheiro”.

As profissionais salientam que o cristal pode ser especificado em qualquer ambiente do lar, mas aconselham a não utilizar a pedra na cozinha. “O cristal não é indicado para as cozinhas por que sua higienização é mais difícil e isso o torna menos funcional nesse espaço”, explica Estela.

Iara acrescenta outras dicas para quem quer lançar mão dessa pedra no lar. “Não é indicado utilizar produtos abrasivos na limpeza dos cristais. Na hora do escolher qual cristal vai compor o décor da morada, dê prioridade para os swarovski que, apesar de serem conhecidos por sua delicadeza, são mais resistentes”, ensina.

As profissionais encerram com uma observação importante. “O cristal é um elemento de destaque no ambiente. Sendo assim, ao usar esse recurso, é preciso usar os demais elementos com características mais neutras para não pesar o layout”, instrui a arquiteta e a designer.

Fonte: Assessoria de Comunicação